Buscar
  • Bar Brahma

Sala São Paulo


Ligando o passado com o presente a Sala São Paulo surpreende a todos que entram no salão, do piso até o teto móvel, podemos ver e sentir a cultura e a música se fundir com a arquitetura e todos os detalhes da maravilhosa decoração e iluminação.

A Sala São Paulo foi projetada por Christiano Stockler das Neves, sendo inaugurada em 1999. Originalmente o espaço foi construído para ser um "jardim de espera", para a primeira classe que iria pegar o trem. Hoje é sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, e é considerada uma das mais importantes casas de concertos da América Latina. Toda sua estrutura é irregular para auxiliar na divisão sonora, transmitindo o som para todos os lados por igual. Seu forro é totalmente móvel, para garantir a flexibilidade do espaço, alterando seu volume e consequentemente o tempo de reverberação (tempo de um som depois de ter sido extinta sua emissão por uma fonte). Atualmente a Sala São Paulo é tombada como patrimônio histórico pelo Condephaat.

Foi em 1990 que surgiu a proposição de revitalizar a estação Júlio Prestes e adequar parte do edifício como sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, assim surgiu a Sala São Paulo. O espaço escolhido para abrigá-los possui volumetria, geometria e proporções encontradas em espaços mundialmente reconhecidos, como a do Boston Symphony Hall nos Estados Unidos e a de Musikreinsaal, em Viena.

Vale a pena ressaltar que é possível realizar uma visita monitorada para conhecer melhor toda beleza da arquitetura e também sobre a história desse edifício mais que importante de São Paulo!

Praça Júlio Prestes, 16 - Campos Elíseos

Informações ou agendamento, envie um e-mail para visita@osesp.art.br ou ligue para 55 11 3367 9573, as visitas ocorrem de segunda a sexta com valor de 5 reais e aos sábados e domingos gratuitos.

Conteúdo: @htamatos e @nahbalancin